21 de novembro de 2011

Meditação na Lavanderia

Trabalho em casa, o que é bom, o que é ruim. Tudo depende da disciplina. Tento estabelecer horários para a realização das tarefas. Tento não me perder em postagens no Facebook. Tento levantar da cadeira, caso contrário quando o expediente termina já é alta madrugada - isso acontece mesmo! Neve me ajuda muito, pois tenho que levá-la na rua no mínimo duas vezes por dia, o que me tira das estatísticas de uma vida sedentária pois subo e desço a ladeira da minha rua, além de andar por todo o bairro com a fofa. Em alguns dias, tiro o horário de almoço para ir ao banco pagar contas, fazer a lavanderia. Nessa hora que tiro, vou pensando em mil coisas que tenho que fazer. A cabeça não pára. Quando vou para a lavanderia, fazer eu mesma a roupa, tenho meu momento de meditação. Concentro-me nos minutos da operação de lavagem e secagem da roupa, além dos minutos para colocar o sabão em pó e o amaciante. Regular o tempo de secagem das roupas é outro desafio: cada tipo de tecido tem um tempo diferente. Com essas atividades dentro da atividade lavanderia tenho a possibilidade de me ausentar de todo pensamento de trabalho e pensar um pouco na vida - isso acontece nos minutos que tenho que sentar e esperar. Quando sento para esperar, olho para fora e vejo a rua, com toda poeira brilhante que é projetada a cada carro que passa. Somos poeira brilhante...medito entre outros pensamentos borbulhantes: meditação na lavanderia.

Um comentário:

Vilma Goulart disse...

Nélida,

Aí vai um site para te ajudar a ficar off pelo menos durante 1 minuto no dia:

http://www.nadismo.com.br

Ou você pode participar do clube (rss):

http://www.clubedenadismo.com.br/diadonadismo.html

Bjs,