27 de março de 2011

Abbas Kiarostami

Ontem assisti pela primeira vez um filme de Abbas Kiarostami, Cópia Fiel.Dizem que Kiarostami é o cineasta do tudo e do nada. Concordo! Quando levantei da poltrona, parecia que tinha viajado para a década de 60 e acabado de assisitir um filme do Antonioni...para os dias de hoje, lentíssimo, sem pé nem cabeça, tudo e nada. Algumas passagens do filme comovem, outras intrigam. No começo há uma discussão muito interessante sobre a obra de arte e a cópia da obra de arte. A fotografia é linda, destaco  a cena do espelho em Arezzo. Assistam, mas não esperem um filme de entretenimento.

Nenhum comentário: