4 de agosto de 2010

Silêncio de Einstein

Penso noventa e nove vezes e nada descubro; deixo de pensar, mergulho em profundo silêncio - e eis que a verdade se me revela - Albert Einstein

Nenhum comentário: