16 de março de 2010

Desapego (3)

Abandonar a fixação é efetivamente um processo de aprender a ser livre, porque cada vez que deixamos ir alguma coisa, ficamos livres disso. Qualquer coisa a que nos fixamos nos limita, porque a fixação nos faz dependentes de algo além de nós mesmos. Cada vez que abandonamos algo, vivenciamos um outro nível de liberdade.
Traleg Kyabgon Rinpoche
Tricycle, outono 2004
Namastê !

Um comentário:

werlang gastronomia disse...

Eu que o diga! Consegui ao longo do tempo ir construindo em mim o desapego das coisas. As viagens e este meu lado andarilho, me proporcionaram este sabor.Mas para isto, nao basta o so querer, e preciso de verdade se desapegar.Sentir-se como se possuissimos asas.Obrigada Nelida!
Gostaria que as pessaos de uma forma geral se dessem conta do quanto e bom,leve e prazeroso!
Bj,
Re