29 de abril de 2009

Tolkien (1)

A beleza do mundo mágico e encantador de Tolkien.
Fiquei encantada com os cisnes. Adoro cisnes.

Flower Bomb (2)

Quando somos bombardeados de flores, a vida agradece!

28 de abril de 2009

Crayon Rings

Será que alguém pode criar isto no Brasil?
Seria o maior sucesso entre as crianças... e adultos.
Estes foram criados pelo designer Timothy Liles.

Poetry (1)

Olhar Nômade adora...Chucrute com Salsicha

Olhar Nômade adora experimentar as receitas do blog Chucrute com Salsicha. Recomendo a todas e todos a darem uma passadinha por lá. Vocês irão se deliciar. Conheci este blog através do blog Esquina do Desacato. Obrigada, Rainha Guilhermina! Vinda de uma Rainha, a dica só poderia ser Real. Viva!

27 de abril de 2009

Samsara (1)

Quando tristezas caírem sobre os sábios,
Suas mentes devem ficar serenas e imperturbáveis.
Pois em sua guerra contra as emoções negativas,
Muitas são as dificuldades, como em toda batalha.
Desprezando toda dor,
E vencendo inimigos como o ódio:
Essas são as proezas dos guerreiros vitoriosos.
O resto é matar o que já está morto.
Sofrer também tem seu valor.
Pelo sofrimento, o orgulho é colocado de lado,
E piedade é sentida pelos que vagam no samsara;
O mal é evitado, e o bem parece prazeroso.
Shantideva (Índia, séc. VII)
PS: Agradeço aos deuses pelo blog Samsara existir.

Chair (1)

Cadeira feita de bambu.

Tomie Ohtake (1)

25 de abril de 2009

24 de abril de 2009

Neve (1)

Leopardo-das-Neves

One Vessel

Essa bela chaleira está no blog Objetos de Desejo, que recomendo aqui no Olhar Nômade, no post Chaleira + Bule = One Vessel. A chaleira/bule/objeto é toda alva e quando levada ao fogo possui um sensor, o desenho azul, que marca o exato momento da fervura da água. Além de bela, é segura. Leia os detalhes no link acima.

22 de abril de 2009

Elephant (1)

Mulheres de Fibra (1)

Amelia Earhart (1897 -1937)-Primeira mulher a voar sozinha sobre o oceano Atlântico. Amelia desapareceu no oceano Pacífico, perto da Ilha Howland enquanto tentava realizar um vôo ao redor do globo em 1937. Foi declarada morta no dia 5 de Janeiro de 1939. Seu modo de vida, sua carreira e o modo como desapareceu até hoje fascinam as pessoas. Sem dúvida, foi uma mulher de fibra.

21 de abril de 2009

Little Cats

Quem não possui em sua caixa de postais aquela imagem de gatinhos ou cachorrinhos? Peguei esta imagem emprestada de Rita Braune para despertar minha memória de infância, que volta e meia surge entre carrosséis e rodas gigantes. Reparem nestas dobraduras...quantas histórias carregam, em quantos lugares foram fixadas, em quanto tempo? Reparem na carinha de cada gato...e o terceiro da esquerda para a direita...veja como suas duas patas seguram, de forma controladora, o fofinho ao lado. Como lembrou Rita, naquele tempo não havia Photoshop para manipular e reconstruir fotos. Era tudo ao natural, no máximo com um pouquinho de tinta. É isso aí: memória! Rita tinha quantos anos? Dez? Não é bom poder voltar no tempo e reviver a pureza? Então, abram as caixas, retirem seus postais e revivam aquele momento tão especial. Isso é um presente!

Roda Gigante de Sonia Bittencourt

Foto de Sonia Bittencourt
Roda Gigante do Parque Guanabara - Belo Horizonte - MG

Cartoon

Caipirinha de Limão Galego

Para relaxar: caipirinha de limão galego feita por Rita Braune.
Cachaça Velha Província.

20 de abril de 2009

O Futuro

A Beleza da Imperfeição: o conceito do Wabi-Sabi

Wabi-Sabi é a expressão que os japoneses inventaram para definir a beleza que mora nas coisas imperfeitas e incompletas. O termo é quase que intraduzível. Na verdade, wabi-sabi é um jeito de “ver” as coisas através de uma ótica de simplicidade, naturalidade e aceitação da realidade. Contam que o conceito surgiu por volta do século 15. Um jovem chamado Sen no Rikyu (1522-1591) queria aprender os complicados rituais da Cerimônia do Chá. E foi procurar o grande mestre Takeno Joo. Para testar o rapaz, o mestre mandou que ele varresse o jardim. Rikyu lançou-se ao trabalho feliz. Limpou o jardim até que não restasse nem uma folhinha fora do lugar. Ao terminar, examinou cuidadosamente o que tinha feito: o jardim perfeito, impecável, cada centímetro de areia imaculadamente varrido, cada pedra no lugar, todas as plantas caprichadamente ajeitadas. E então, antes de apresentar o resultado ao mestre Rikyu chacoalhou o tronco de uma cerejeira e fez caírem algumas flores que se espalharam displicentes pelo chão. Mestre Joo, impressionado, admitiu o jovem no seu mosteiro. Rikyu virou um grande Mestre do Chá e desde então é reverenciado como aquele que entendeu a essência do conceito de wabi-sabi: a arte da imperfeição.
Fonte da informação: IG-Delas

Stones (2)

Não parece uma pegada de dinossauro?
Pedra achada em Rio Bonito de Lumiar

Butterfly Chair - B.K.F. Chair

Quantas vezes vimos reproduzida a cadeira Butterfly? Mas, quem a criou? Tenho o vício de pesquisadora de querer descobrir a origem, perguntar a fonte, investigar. A Butterfly Chair, a BFK Chair, foi criada em 1938 pelos designers argentinos Antonio Bonet, Juan Kurchan and Jorge Ferrari Hardoy. Se você visitar o MoMA, encontrará uma delas no acervo. Seu design é inteligente, proporciona conforto e beleza.

19 de abril de 2009

Stones (1)

Achei bárbara e linda a idéia que Fernanda Couto levou para o blog "A Partir de 1,99". A beleza do contraste entre o claro do sabonete e o negro das pedras chamou a atenção do meu olhar. Vou querer reproduzir a idéia e vocês? Visitem e leiam o post Sabonete Feliz. Em cima dessas pedras negras eu também ficaria...feliz!

Dimanche (2)

Breakfast at Maya Café.
Agradeço Amelia Gonzalez por apresentá-lo a mim.
Rua Ortiz Monteiro, Laranjeiras.
Café da manhã de domingo!

17 de abril de 2009

O Manacá de Tarsila do Amaral

Acaba de ser lançado o mais que merecido Catálogo Resoinné de Tarsila do Amaral. Tentando variar um pouco da imagem do Abaporu (1928), trago o Manacá (1927), com seus belos tons de azul e rosa. Tarsila: Arte Brasileira (com maiúsculas) com certeza!

Shige Hasegawa

Adoro flores, adoro o design japonês, adoro o minimalismo...less is more. Por isso trouxe para o Olhar Nômade essa mesa, a Hana, que foi concebida pelo designer japonês Shige Hasegawa. Ela é simplesmente fixa por um único prego ou parafuso, que abre as cinco pétalas. Uma beleza da natureza criativa humana.
Fonte: André MonteJorge, blog Bem Legaus!

16 de abril de 2009

Antipasti (1)

(Fotos de Rita Braune e Nelida Capela)

Não há felicidade maior do que voltar à cozinha, às facas, às brincadeiras gastronômicas. Agradeço o carinho de Rita Braune, que me abre as portas de sua maravilhosa cozinha de Rio Bonito de Lumiar (RJ). Me perguntaram se não desejo abrir um restaurante. "Nem pensar! Cozinho por bel-prazer para os amigos". Isso não tem preço! Nas fotos a preparação do antipasti italiano variado e preparação para bruschetta de tomate e anchovas no pão Grano Rústico produzido pelo Mercado Gama, que fica em Mury.

Antipasti: termo italiano que designa variedade de comida servida antes do prato principal. Num cardápio italiano, o antipasti costuma constituir-se de alimentos frios, à base de vegetais ou peixes em conserva com temperos mais fortes, com o intuito de abrir o apetite.

Amuse-Bouche: expressão francesa que literalmente significa "diverte-boca", ou seja, um alimento que, enquanto a refeição não fica pronta, se incumbe de manter a boca ocupada com petiscos ou tira-gostos.

Fonte: Pequeno Dicionário da Gula, de Marcia Algranti, Editora Record. (Este livro você não pode deixar de ter em sua cozinha).