24 de janeiro de 2009

Passeio em Cosme Velho e Laranjeiras

Sábado, dia de andar por Cosme Velho e Laranjeiras. Bel, Valéria e eu resolvemos dar uma andadinha pelo bairro. Primeiro, um pastel com caldo de cana no Bigode, na feira livre da General Glicério - adorooo!
Mas preciso contar o stress, não posso deixar de registrar aqui. As meninas me pegaram em casa, deram uma paradinha aqui no Cosme Velho, no flatiron, ferro de passar roupa, onde moro. Aqui na frente sempre fica confuso, com esses carros e ônibus indo em direção ao ao Redentor da cidade. Cristo! Um guarda PM implicou com a "paradinha" da Bel. Pegou, sem explicar, a habilitação dela. Tem que obedecer o guarda, né. Junta PM e Guarda Municipal, transeuntes, carros, ônibus, obra da CEG no meio da rua. Um "carnaval na zona".Vai infracionar, não vai? Qual o motivo? Ninguém responde. Um monte de carro parado na mesma situação e só a Bel teve que apresentar documento. Pode? Um abuso de autoridade...Gente...aonde vamos parar? Fica aqui registrado. Abusou só porque era mulher? E os marmanjos ao lado, não apresentam documento? Ohhh, Rio de Janeiro.
Voltemos ao passeio...paramos no bigode, pastel com caldo de cana. Tinha até francês na feira. Realmente esse bairro é charmoso. Dali fomos até a Alegrete nº 32, conhecer o novo espaço Bangalô Brasil. Sol não estava lá. Depois a gente volta. Vamos tomar um café? Aonde? Gente, precisamos de mais cafés aqui no bairro.
No Cosme Velho não tem! Se tivesse dindin, abriria um. O nome seria Vaca Sagrada (que nem o SacredCow de Nova Iorque). Ali, debaixo do flatiron, com mesinhas e cadeirinhas na calçada, com guarda-sol vermelho, flores, pães, café, bebidas naturais, gente bonita, cores, música boa, happennings. A gente precisa animar o bairro, não é não Vilma?
Bom, fomos para o Espaço Rio Carioca. A livraria de lá é 10! Boa mesmo. Me lembra muito a Livraria Timbre, pois para mim ela é referência de boa livraria. Como disseram uns franceses que visitaram a pequena notável da Gávea, c'est petit, mais il y a tout! Namoramos os livros e depois subimos para o Café. Couvert com antispastos. Fiquei de olho na Mousse Capuccino. Experimentei e fotografei para vocês. Me fascinou as peças feitas de talheres, fotografei com meu modesto Nokia6120, enquanto não compro um N95. Espaço Rio Carioca...lugar muito agradável-música boa, iluminação natural, fora que as casas casadas são um charme. Não deixem de visitar. Tem boa cozinha, boas indicações de vinho, atendimento simpático, gente bonita.
Para quem não é do bairro, seguem as informações para não ficarem perdidos: Rua Leite Leal nº 45. Telefone 2225-7332.
Para saber mais sobre as programações de Laranjeiras, entrem no site Bairro das Laranjeiras, de Isabel Vidal.
Para outras dicas, entrem no site Informação de Primeira, de Vilma Goulart.

2 comentários:

Felipe Riveiro disse...

Nelida.

Sou o Gerente do Espaço Rio Carioca e, lendo seu post, fiquei bastante feliz com os elogios.

Estamos trabalhando bastante e é gratificante saber que os resultados estejam gerando opiniões positivas.

Querendo visitar, nosso site é www.espacoriocarioca.com.br

Aguardamos seu retorno ao local.

Muito obrigado e abraços.

Nelida Capela disse...

Parabéns, para você e sua equipe, Felipe. Voltarei sim! E espero que outros conheçam vocês e voltem também.