31 de outubro de 2008

A Beleza da Tradição - O Bogu

O Bogu é a armadura usada para o kendo. Ele é composto de quatro partes: o Men, o Kotê, o Dô e o Tarê. Men é a armadura que protege a cabeça, como um capacete. Kotê protege as mãos e os punhos. Dô é a armadura que protege o troco, em geral é feita de bambu com couro. Tarê vai da cintura até as coxas. A arte das espadas começou no século XV. A prática do kendo não se limita ao manejo da Shinai (espada de bambu), Bokuto (espada de madeira) ou katana (espada longa japonesa), mas abrange também a prática e cultivo do Reigi (etiqueta) e do espírito. O ken (espada, técnica) é estudado de duas formas: o kendo com shinai (espada de bambu) e o Kendo kata, onde é usado o bokuto (espada de madeira maciça) ou o Katana (espada real, com lâmina). A prática e o ensino do Kendo não pode assumir caráter profissional ou comercial. Isso é: não é permitida a cobrança para o ensino do Kendo, salvo a quantia necessária a manutenção do Dojo (academia).
Cheguei a fazer uma aula no Instituto Nikkei do Rio de Janeiro (que fica no Cosme Velho, ao ladinho aqui de casa) e pude perceber a apreciação do Reigi e do espírito. Durante os exercícios, experimentei, a cada passo e movimento, a importância da expressão corporal, da respiração e a elegância de cada gesto. Quanto à humildade, meu professor do dia era um importante diretor de uma multinacional de automóveis. Ele, delicadamente, me ensinava (a única mulher da aula de sábado) a andar, a segurar o bastão, a respirar, a olhar, a sentar.
O Objetivo do Kendo é disciplinar o caráter humano pela aplicação dos princípios da katana. O propósito de se praticar kendo é: moldar a mente e o corpo, para cultivar um espírito vigoroso, e pelo treinamento rígido e correto, lutar para desenvolver-se na arte do Kendo, obter respeito à cortesia e à honra, para relacionar-se com os outros com sinceridade, e para sempre ter como objetivo o auto-aperfeiçoamento. Dessa maneira será possível uma pessoa amar seu país e sociedade, contribuir para o desenvolvimento da cultura e promover a paz e prosperidade entre todos os povos.
Elegância, estética, determinação, respeito pelo ser humano.
Minha próxima experiência: o Taiko (tambores japoneses).

30 de outubro de 2008

Kim Joon

Bom, nas pesquisas pela net, encontrei o artista que faz essas maravilhas no corpo: Kim Joon.
Vale a pena visitar o site e ver os outros trabalhos deste coreano.
Particularmente, gostei das cores, das estampas aplicadas ao corpo. E você? Comente !

28 de outubro de 2008

QR Code - você sabe do que ele é capaz ?

QR Code (Quick Response Code) - Esse código de barra 2.0 e 2D (bi-dimensional), transporta informações, vídeos, imagens, links. Seu currículo pode ser apresentado num simples código de barras. Para lê-lo, um celular com o programa, que pode ser baixado sem dificuldades. Recentemente, numa exposição de um museu inglês, ele foi usado para o público ler as informações da legenda das peças expostas. Foi criado em 1994 pelos... japoneses - sempre os criativos e avançados japoneses - da Denso Wave. Mas, será que essa coisa pega aqui no ocidente? Sei lá, talvez no mundo da moda, tatuagens, quadrinhos... Aonde se usou aqui no Brasil? Na São Paulo Fashion Week, na campanha da Schincariol (veja no detalhe à direita da imagem).
Para ter uma idéia, assita o vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=crPg_eyXPTs O vídeo mostra o usuário apontando a câmera do celular para o QR Code, em seguida, aparece a leitura.
Para ver um clip do PetShopBoys, acesse: http://www.youtube.com/watch?v=lG8o5uInjiE
Bom, e como você pode ter acesso a esse leitor?
Entra no site www.reader.kaywa.com
Cadastre-se, baixe o programa.
Você pode até criar o seu próprio QRCode.
É uma viagem...mas bem interessante !

Cerâmica Serra da Capivara (PI)

Parque Nacional Serra da Capivara é um museu a céu aberto com animais, plantas e paisagens espetaculares. Lá há mais de 800 sítios arqueológicos com pinturas rupestres, fósseis humanos de animais já extintos, cerâmica pré-histórica e artefatos de pedra. Foi fundado em 1979 pela equipe da arqueóloga brasileira Niéde Guidon. Quando estive no Piauí, a trabalho, me apaixonei pela Cerâmica Serra da Capivara,que,inspirada nos desenhos rupestres, conquistam prêmios e reconhecimento internacional. É um dos maiores patrimônios culturais e naturais do Brasil.

A Estética no Corpo

Não sei, ainda, se a pintura foi aplicada em Photoshop ou de fato feita à mão no corpo, mas quando vi a imagem não resisti. A fonte é o blog OlhardeBorboleta. Me lembrou a marcha das bicicletas, evento realizado na Holanda (não poderia ser em outro lugar), quando os ciclistas nus, com seus corpos pintados, fazem um percurso de bicicleta. Espero que os leitores não achem a foto ofensiva, mas achei tão bonita que quis compartilhar.

25 de outubro de 2008

Detalhe Solar dos Abacaxis

Esta entrada é de uma construção de 1843. O Solar dos Abacaxis, Cosme Velho (RJ), é primoroso pelos detalhes, micro e macros. Nesta porta, o cão anuncia a visita. A casa foi aberta nos dias 18 e 19 de outubro para abrigar o evento Arte em Laranjeiras e Cosme Velho. Na ocasião, o público pôde admirar a beleza das salas, copa, cozinha, jardins, garagem, além de ver exposições de artistas plásticos, ceramistas, designer, fotógrafos e visitar a Livraria Timbre.

Árvore ou Tempura ?

Perto do trabalho tem um restaurante japonês que me surpreende. Ele não consta da lista dos mais conhecidos e frequentados, como o Sushi Leblon, mas traz pratos feitos com arte, no tempo japonês, para serem degustados com calma. Eu entro no lugar e deixo a pressa e correria do trabalho atrás da porta de entrada. Nesta semana, experimentei a tempura deles, adoro tempura, devo dizer. Quando o prato chegou ao balcão, fiquei extasiada. Não resisti. Antes de terminá-lo, saquei meu Nokia 6120 da bolsa e fiz a foto.

Azul Azul Azul

Outro dia estava num café, em Laranjeiras, tomando um vinho com uma amiga. De repente apareceram as garrafinhas azuis. Me apaixonei. São raras no Rio de Janeiro. São mais comuns em São Paulo. Simples, de um tamanho confortável para ter em mãos, carregam a medida necessária de...água. Blue, garrafinha de água sem gás, da Ouro Fino, Fonte Campo Largo, Paraná.
A versão com gás vem na cor vermelha. Mas é muito sem graça...na minha opinião.